Notícias

REALIZADA CERIMÔNIA DE ENTREGA DE PLACAS DO PROJETO REDE DE VIZINHOS PROTEGIDOS


Data: 29/12/2014 12:28 - Última atualização: 29/12/2014 13:11 A+ A-


          Aconteceu na última terça-feira à cerimônia de entrega das placas do Projeto Rede de Vizinhos Protegidos. Realizado pela associação comunitária do bairro Niterói em parceria com a Polícia Militar. Estiveram presentes o Prefeito Municipal, o Secretário de Desenvolvimento Social e representando o Poder Legislativo, o vereador Jader Quintino. O evento também  reuniu membros da imprensa carmense e moradores do bairro, que puderam apreciar a ilustre apresentação da Banda de Música da Polícia Militar.

          O Projeto faz parte de um serviço prestado pela Polícia Militar em todo estado de Minas Gerais, está ativo há 10 anos em cidades maiores como Belo Horizonte. Com o intuito de melhorar a segurança preventiva foi trazido para Carmo do Paranaíba. O primeiro laço foi formado no final de 2013 no bairro JB e Bela Vista II. Atualmente são cinco laços formados e estima-se que em meados de 2015 consiga atender também todas as regiões rurais que já estão mapeadas.

             A ideia essencial do projeto é “vizinho protegendo vizinho”, dando suporte a Polícia Militar. Cada pessoa passa a ser vigilante atuando de forma comprometida em alertar a todos sobre qualquer movimento de indivíduos suspeitos. Foram distribuídas em torno de 100 placas aos moradores da região, que serão fixadas na fachada das residências e servirão como um sinal de que há interação e engajamento da população no projeto. Os objetivos pretendidos com a criação da rede de proteção transcendem aos relacionados diretamente com a segurança pública, e transformam também a organização da comunidade em busca de maiores condições de segurança. Também possibilita melhoras na comunicação entre comunidade e a polícia, além de estreitar as relações entre vizinhos.

         O Prefeito Municipal parabenizou a Polícia Militar pelo projeto desenvolvido e disse que está sempre de portas abertas para projetos como esse. “O dia de hoje é de extrema importância, nós só vamos conseguir vencer os desafios se estivermos unidos, quando a comunidade participa a chance de crescer e de se sobressair e muito maior.”

        “Sem a participação popular o projeto fica inviável. Pode se analisar a alta diminuição dos índices de criminalidade nas regiões em que o projeto está em funcionamento. Nos bairros JB e bela vista II, que são os primeiros bairros contemplados com a rede, em um ano e meio os índices criminais praticamente foram à zero.” Mencionou o Tenente Saraiva

          Para que o projeto da Polícia Militar funcione corretamente, não bastam somente às placas nas casas, mas sim o engajamento dos cidadãos, vizinho ajudado vizinho formando uma rede de proteção. Desta forma o trabalho da Polícia se torna mais eficaz na redução da criminalidade.