Notícias

PRIMEIRO PASSO RUMO À REALIZAÇÃO DE UM GRANDE SONHO


Data: 07/11/2017 18:54 - Última atualização: 08/11/2017 14:17 A+ A-


O prefeito de Carmo do Paranaíba, Dr. César, esteve na última segunda-feira (06), em Belo Horizonte, onde foi recebido no gabinete do deputado federal, Reginaldo Lopes. Acompanhado pelo prefeito de Serra do Salitre, Joca Silveira e pelo perito federal do INCRA - MG, Nilton Alves de Oliveira, César encaminhou o pedido de pavimentação da estrada que liga Carmo do Paranaíba ao município de Serra do Salitre.

Esse é o primeiro passo rumo à realização de um grande sonho, que beneficia diretamente milhares de pessoas e propícia o desenvolvimento econômico de ambos os municípios. Um grande fluxo de veículos trafega diariamente pela estrada, para o prefeito Dr. César, “a pavimentação é uma obra de imensa relevância para a região, em especial aos produtores rurais, uma vez que a região é marcada por uma forte cultura agropecuária”.

Com uma reivindicação firme, do prefeito Dr. César, o projeto ganhou maior robustez e uma base de sustentação sólida, composta pelos deputados estaduais, Hely Tarquino, Bosco, Leonídio Bolsas, e subscrição de Cristiano da Silveira.

De acordo com o prefeito Dr. César o objetivo é “estadualizar o trecho, elaborar o projeto da obra de pavimentação e posteriormente, executá-lo”. A estrada que compreende o projeto se estende do município de Carmo do Paranaíba até o entroncamento com a rodovia MG – 230, que liga Serra do Salitre ao município de Rio Paranaíba.

O perito federal do INCRA e grande entusiasta da obra, Nilton Alves, destacou que a reunião foi extremamente positiva. “A reunião foi muito proveitosa e ficou acertado que ainda no mês de novembro, o projeto de estadualização da via será submetido para aprovação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e posteriormente será realizada a elaboração do projeto de pavimentação do trecho”.

A obra configura para Carmo do Paranaíba uma reinvindicação emblemática.  Além de aproximar o município as demais regiões mineiras, facilita o escoamento da produção agropecuária.